Como aumentar a produtividade em vendas da sua equipe?

Equipe do Oto
Equipe do Oto
6 min de leitura
produtividade em vendas

Quer aumentar o faturamento consideravelmente sem precisar investir muito? Saiba que aumentar a produtividade em vendas da sua equipe é a chave!

Trata-se de uma estratégia para otimizar a operação, aplicando recursos de baixo custo e gerando mais resultados para o seu negócio. O vendedor passa a ter um papel de protagonismo nas vendas e a loja vira parte da estratégia multicanal.

A produtividade em vendas foi um dos temas tratados pelo Oto na 9ª Feira Brasileira do Varejo. Os palestrantes Lucas Gue (Sales Executive), Guilherme Bohnen (Diretor Executivo) e Augusto Rocha (Co-Founder) também trouxeram assuntos ligados à Era digital do varejo, relação com o cliente e a inclusão do vendedor na transformação digital.

Para tirar as dúvidas de como aumentar a produtividade em vendas de forma efetiva, trouxemos algumas dicas para alcançar bons resultados no lucro e no desenvolvimento do seu comércio. Veja a seguir!

Era digital no varejo

Com a transformação digital, é preciso encontrar alternativas para aumentar a produtividade em vendas, principalmente nas lojas físicas, que têm mostrado ótimos desempenhos. Segundo dados do IBGE, as vendas do comércio varejista cresceram 1,4% em maio de 2021 em relação ao mês anterior.

Para alcançar os resultados e sobreviver ao mercado varejista, as empresas precisam conhecer mais os clientes do ser reconhecida. Ou seja, não é preciso investir em mais produtos, o ideal é mudar a forma de relacionar com o seu público-alvo.

Entenda o panorama do varejo nos últimos anos com a digitalização, o qual reflete no aumento na produtividade das vendas:

  • A transformação digital do varejo resultou em benefícios como aumento de 10% a 20% na receita e 15 a 25% de redução no custo de atendimento, de acordo com a pesquisa da Boston Consulting Group em 2019;
  • O e-commerce teve um crescimento, não visto nos últimos 20 anos no Brasil, de 47% no primeiro semestre de 2020, de acordo com um estudo da Ebit|Nielsen, em parceria com a Elo;
  • 5,7 milhões de consumidores brasileiros fizeram sua primeira compra online em 2020, durante o fechamento do comércio físico na pandemia, segundo um levantamento da Neotrust/Compre&Confie;
  • 73,4% das micro, pequenas e médias empresas do país mantiveram as vendas online durante a pandemia, a partir do levantamento do Serasa Experian;
  • O investimento recursos omnicanal no varejo durante a pandemia aumentaram consideravelmente conforme os varejistas refinaram suas ofertas, de acordo com a Forrester;
  • Em 2021, o faturamento do comércio eletrônico teve um aumento de 48,41%, um resultado expressivo em comparação com 2020, segundo o índice MCC-ENET.

Dicas para aumentar a produtividade em vendas

Apesar de todo o sucesso do e-commerce, a Forrester prevê que 72% das vendas no varejo dos EUA ainda ocorrerão em lojas físicas em 2024. Por esse motivo, estratégias para unir o ambiente físico e o e-commerce são fundamentais para aumentar a produtividade em vendas.

Lucas Gue, Sales Executive da plataforma Oto, palestrou na 9ª Feira Brasileira do Varejo e lá, deu algumas dicas para aproveitar oportunidades e aumentar a produtividade em vendas. Confira abaixo:

Identifique clientes com campanhas ativas

Identifique os seus clientes ideais para focar nas suas campanhas de prospecção ativa. A partir disso, inicie conversas com os consumidores incluídos na campanha. Com a lista de prospects, você otimiza a abordagem, economizando tempo e esforço.

Lembre-se que o mais importante é garantir as melhores oportunidades possíveis para os seus clientes, não apenas acumulá-los. Para isso, consulte os produtos sugeridos e/ou navegados por último no website de cada um deles e utilize-os a favor da comunicação.

Mantenha o relacionamento com clientes

O cliente gosta de ser lembrado e estar próximo da marca que consome. Sendo assim, conheça as suas preferências, seus interesses e hábitos. Com isso, o atendimento pode ser personalizado e você consegue manter o relacionamento com o seu público. Para isso:

  • Acompanhe as conversas que estão em andamento;
  • Ofereça potenciais produtos baseados na experiência do cliente, via chat;
  • Anexe catálogos ou mais detalhes sobre produtos e ofereça suporte nas compras.

Conheça seus clientes

Segundo Augusto Rocha, co-fundador do Oto: “as empresas que vão sobreviver são
aquelas que conhecem mais os clientes do que os clientes conhecem elas. Só é possível iniciar relacionamentos com pessoas que conhecemos e só conhecemos depois de identificar”.

A produtividade em vendas torna necessário o conhecimento sobre os clientes, pois o relacionamento efetivo só é tido com pessoas que realmente conhecemos após uma identificação com a marca.

Portanto, acompanhe o cliente no funil de vendas priorizando os esforços para garantir uma segunda venda. Explore todo o potencial de cada um da sua audiência, dependendo menos dos esforços em mídia massiva. Sendo assim:

  • Conheça melhor o perfil do cliente que consome na sua loja física;
  • Mantenha os estoques sempre abastecidos com os principais produtos que os consumidores escolhem para não perder uma venda;
  • Registre o atendimento para criar novas oportunidades de vendas no futuro com o seu público fidelizado.

Saiba como aumentar a produtividade do seu vendedor do varejo físico. Baixe o e-book grátis!

Ressignifique o papel do vendedor

Guilherme Bohnen, Diretor Executivo do Oto, também esteve na 9ª Feira Brasileira do Varejo e explicou em sua palestra a importância de unir o online e o offline no varejo.

Os consumidores estão nos dois espaços, então é fundamental garantir uma experiência omnicanal. Em uma loja física, por exemplo, durante o tempo de baixo movimento pode ser aproveitado como uma oportunidade de vendas com o c-commerce.

Ao utilizar a estratégia c-commerce, o vendedor se comunica diretamente com os clientes no ambiente digital, ao invés de ficar ocioso na loja, ressignifica o seu papel na empresa e aumenta a sua produtividade em vendas.

Além disso, em sua palestra, Guilherme cita a possibilidade de atuação disponível para os vendedores nas lojas físicas, que só conseguem converter uma venda quando há cliente dentro daquele espaço: “Se o vendedor deter as informações que o digital possui e as tecnologias disponíveis para interagir remotamente com o consumidor, a oportunidade é ampliada, sua produtividade em vendas aumenta e sua atuação torna-se omni assim como a jornada do potencial cliente”.

Nesse sentido, o Oto CRM se apresenta como a ferramenta ideal para centralizar os dados de vendas online e offline, e informações de comportamento e interação, apoiando e incluindo o vendedor na transformação digital.

Quer aumentar as vendas da sua loja? Entre em contato com os especialistas do Oto e conheça soluções pensadas para potencializar os resultados do seu negócio.

Quero experimentar o OTO na minha loja

Inscreva-se em nosso blog

Acesse, em primeira mão, nossos principais posts em seu e-mail

    Posts Relacionados

    As estratégias de varejo para a Black Friday 2021

    Se o consumidor brasileiro já trilhava um caminho cada vez mais multicanal e assíncrono para suas compras, a pandemia da Covid-19 acelerou de vez a transformação dessa jornada. Por isso, as novas estratégias de varejo precisam buscar uma perfeita integração entre os canais online e offline para atender a todas as demandas de consumo. Isso […]

    Equipe do Oto
    Equipe do Oto
    14 min de leitura

    Chat commerce ou conversational commerce: as vantagens do varejo de bate-papo

    A venda de produtos e serviços por meio de aplicativos de mensagens já era uma tendência em ascensão, mas com a pandemia de 2020, as marcas passaram a usar o chat commerce ou conversational commerce para se conectar de forma fácil com os clientes e  retomar as vendas afetadas pelo cenário de isolamento social. Segundo […]

    Equipe do Oto
    Equipe do Oto
    7 min de leitura

    Obrigado!

    Em breve enviaremos mais conteúdos.

    E-mail inválido!

    Fale conosco